Paraíba, sexta-feira, 27 de novembro de 2020
26° C
Busca

Blogs

Vanessa Braz

Por Vanessa Braz

10h35

Organizando as ferramentas

Para quem gosta de colocar a mão na massa e faz questão de ter um kit de ferramentas em casa, ter o mínimo de organização é essencial para não perder os parafusos, e nem a cabeça procurando as peças espalhadas pela casa. É muito comum as pessoas perderem coisas pelo simples fato de não serem organizadas e não estabelecerem o lugar de cada coisa. A organização vem como um facilitador e basta um pouco de boa vontade para dominar essa técnica.

Inclusive o tema dessa postagem foi inspirada em dois momentos que vivi nessa semana. Um deles foi quando meu pai passou mais de meia hora procurando a extensão da tomada, que não estava onde deveria estar e acabou sendo encontrada na sapateira. Tipo, um lugar tudo haver com ferramentas, não é?! E um outro momento foi com o meu sogro, que é bem metódico e organizado, no qual a gente conversava sobre as ferramentas, enquanto ele ajudava meu marido a consertar um problema na porto de casa. Ele mantém as ferramentas dele sempre organizadas na caixa, mas vez ou outra precisa de algo que não está lá porque alguém pegou e não devolveu. Então, vamos as dicas para manter esse espaço organizado e cobrar a manutenção dessa organização de todos os membros da casa.

Foto: pixabay 

As técnicas de organização partem do princípio de que as coisas precisam ter suas casinhas, locais certos onde serão armazenadas, além disso, para que a organização se mantenha é necessário criar o hábito de pegar e devolver as coisas para o mesmo local de origem. Dessa forma, a extensão da tomada não vai parar na sapateira e nem você vai perder tempo procurando por ela.

CATEGORIZAR E DESCARTAR

Portanto, para começar, separe todas as ferramentas que você tem em casa e separe tudo em categorias, mantendo unido o que for da mesma categoria: pregos com pregos, tomadas com tomadas e assim por diante. Em alguns casos é interessante, também, criar subcategorias para organizar de forma mais eficaz.

Quando você terminar essa etapa, será fácil identificar o que usa, do que não usa ou o que está quebrado e precisa de conserto. Essa fase chamamos de descarte, destralhamento ou desapego que nada mais é do que separar o que realmente você usa para manter, consertar e se for o caso descartar.

ORGANIZAR

Nesta etapa vamos avaliar a melhor forma de organizar os itens categorizados. É importante pensar em quais produtos você utiliza mais para deixar tudo a mão, assim como escolher organizadores que facilitam a localização e identificação de cada item. Vamos então indicar algumas formas para organizar as suas ferramentas:

Ferramentas e painel

Para quem tem espaço, essa organização é bem interessante já que conseguimos visualizar as principais ferramentas ou as que utilizamos com maior frequência. No painel é possível fazer uso de pregos, ganchos e até prateleiras e cestinhos para depositar as ferramentas.

Caixa de ferramentas

No comércio encontramos caixas prontas para organizar as ferramentas, mas é importante comprar a mala correta de acordo com a quantidade e tipo de peças que serão guardadas. Afinal, queremos uma mala organizada e não arrumada, ou seja, uma mala funcional e não com peças jogadas lá dentro, nada funcional. Além dessas caixas, encontramos também malas e cintas organizadoras que tornam bem prática a organização e uso das ferramentas.

Imagem de Jean van der Meulen por Pixabay

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cestos

Os cestos são queridinhos na organização, porque são práticos e facilitam a visualização. Podemos encontrar cestinhas de vários tamanhos que vão se enquadrar com cada item a ser organizado. Lembre-se de colocar nos cestos os itens de forma categorizada para melhor localização dos produtos.

Espero que tenham gostado e coloquem em prática!





*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal T5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *