Emanuelle Henrique

Por Emanuelle Henrique

17h56

Cuscuz na dieta? Você é fã de cuscuz como Juliette?

 

Em terra de dieta restritiva, quem tem cuscuz na dieta e continua emagrecendo é rei!
 
Escuto muito esse relato de que tiraram o cuscuz da dieta porque “ouviram falar” que cuscuz engorda…
 
Isso tem deixado cada dia mais as pessoas com traumas em relação às nossas comidas afetivas, como é o cuscuz, para o paraibano.
 
Imagine tirar o cuscuz da dieta de @juliette.freire
Acham que ela conseguiria seguir?
 
E assim acontece com tanta gente, que se priva do que não precisa e acaba na verdade é afastando ainda mais da constância na vida saudável, por associar estilo de vida e dieta a comida ruim, restrição, frango e batata doce.
 
Dieta precisa respeitar a individualidade da pessoa, e isso inclui a cultural.
 
Se eu consigo usar esse carboidrato na dieta, pq faria essa restrição de um alimento tão interessante nutricionalmente como o floco de milho.
 
É uma fonte de carboidrato de médio índice glicêmico (superior nutricionalmente a tapioca por exemplo, que é de alto índice glicêmico pela ausência de fibras), fonte de colina, importante para a memória, fonte de outras vitaminas do complexo b, magnésio, entre outras vitaminas e minerais.
 
Além de dar muito mais saciedade que as quantidades equivalentes da tapioca por exemplo, endeusada no mundo das dietas.
 
Para vc ter uma ideia melhor:
 
100 kcal de cuscuz seria uma porção de 88 gr de cuscuz cozido
100 kcal de tapioca seria uma porção de 29 gr de tapioca
 
Quais 100 kcal vc prefere agora?
 
Então como deixar de fora um alimento que dá mais saciedade, mais volume e mais fibras e colocar a tapioca, um carboidrato mais denso em calorias, uma farinha da mandioca refinada (assim como outras farinhas são e acabam perdendo suas fibras e poder de saciar e também por isso pobre em nutrientes)?
 
Percebe como o cuscuz foi erroneamente injustiçado?
 
E aí? Você é team @juliette.freire tb e vai de cuscuz na dieta?
 




*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal T5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *