Daniel Lustosa

Por Daniel Lustosa

09h51

Operação Calvário: Ministério Público Eleitoral pede que denúncia contra Ricardo Coutinho vá para justiça comum

O Ministério Público Eleitoral (MPE) concluiu que não houve crime de natureza eleitoral praticado pelo ex-governador, Ricardo Coutinho, nos delitos denunciados pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) na Operação Calvário. A promotora eleitoral Jovana Tabosa requereu ao juiz da 1ª Zona Eleitoral que reconheça a incompetência da Justiça Eleitoral no caso e que o processo seja remetido à 3ª Vara Criminal da Capital.

Para o MPE, a mera transcrição, na denúncia, de trechos contendo referências à campanha eleitoral de 2010 não implica, por si só, na existência de delitos de cunho eleitoral.

Esse assunto é um dos destaque do podcast do Jornal da Manhã. Acompanhe com Daniel Lustosa:





*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal T5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *