abrhpb

Por abrhpb

23h45

Quem cuida do profissional de RH?

No cenário de pandemia, o profissional de RH cuida do maior ativo das organizações – as pessoas.

Já fazem treze meses que o profissional de RH luta incansavelmente no processo de mudança durante a pandemia. Participando efetivamente da estratégia do corporativo, buscando meios de minimizar os impactos negativos no âmbito pessoal e profissional.

E quem cuida do profissional de RH?

Percebe-se  que o protagonismo dos profissionais de RH tem o preço muito alto, tanto pela sobrecarga dos processos para sustentar as mudanças  repentinas, como também a pressão emocional do ambiente.

No cotidiano do RH, o enfrentamento das mudanças de hábitos causado pela pandemia e além disso, muitas emoções diante da insegurança, angústia, medo e depressão.

E será que o profissional de RH também passa por tudo isso? Certamente, o momento é de incertezas e de imprevisibilidade e para todo mundo.

Ressaltamos que o setor de RH é composto por pessoas. Ou seja, por trás de um profissional de RH existe um ser de carne, osso e emoção, que sente a dor do outro.

Acredito que todo mundo que esteve a bordo de uma aeronave já ouviu esta orientação – “Em caso de despressurização da cabine, máscaras de oxigênio cairão automaticamente. Puxe uma das máscaras, coloque-a sobre o nariz e a boca ajustando o elástico em volta da cabeça e respire normalmente, depois auxilie a criança ao seu lado”. Em resumo, para cuidar bem dos outros, antes de tudo deve cuidar de si mesmo.

Estamos vivendo um momento de adaptabilidade, resiliência e acima de tudo tolerância e compaixão. É possível que estas pessoas  não tenham muito tempo para buscar meios de cuidar de si mesmo.

Então empregadores, cuidem dos  profissionais  de RH, sem dúvida, eles fazem a diferença na sua organização.

Maria da Penha Silva dos Santos – Presidente ABRH-PB





*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal T5.

3 comentários em “Quem cuida do profissional de RH?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *