abrhpb

Por abrhpb

22h47

No mundo em pandemia – Empatia é tudo

A pandemia tem sido muito prejudicial a toda a sociedade no mundo. E as pessoas em âmbito mundial, têm sofrido grande impacto na saúde mental e emocional

Por isso, agir e minimizar esse cenário exige uma colaboração coletiva, tanto das pessoas como das empresas e do poder público.

O emocional das pessoas tem sido fortemente abalado pelo isolamento social, as incertezas do futuro, a pressão para alcançar resultados.

No momento, a área da saúde principalmente pela sobrecarga de trabalho e o esgotamento pela necessidade de maior atenção para os casos graves recorrentes e da fadiga provocada pela tensão da pandemia de covid-19 por um tempo longo.

Certamente, num momento de incertezas e insegurança, é preciso promover o cuidado psicológico com a população mundial.

E o que estamos fazendo para minimizar o impacto e crescimento da contaminação entre as pessoas na sua casa, na sua rua, no seu bairro, na sua cidade, no seu estado, no seu país e no mundo? Com certeza será o uso da empatia, uma maneira permanente de evolução para viver a compaixão plena com outros.

Diante do momento tão avassalador, a nossa maior contribuição será ajudar a nós mesmos e aos outros a ter uma sensação de segurança meio a circulação do vírus invisível entre nós.

E como fazer isso? Seguindo o protocolo de segurança, fique em casa, use máscara e higienize as mãos. Simples assim!

Este cuidado proporciona uma sensação de controle e sem dúvida serão formas de gerar conforto para outras pessoas.

Então, ser empático é arte de se colocar no lugar do outro para transformar o mundo.

E agora? Compreender e reconhecer a empatia para criar significados às nossas vidas.

E, nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo, cada homem é um pedaço do continente, uma parte do todo.

 

 





*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal T5.

1 comentário em “No mundo em pandemia – Empatia é tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *